■ Dezembro 2010

Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab
1
2
3
4
5
6
7
8
9
13
14
15
16
17
18
19
20
21
22
23
24
25
26
27
28
29
30
31

■ Tags

todas as tags

■ Subscrever feeds

Conferência de Copenhaga - 2009
Conferência de Poznan - 2008
Conferência de Bali - 2007
Conferência de Nairobi - 2006
Quinta-feira, 9 de Dezembro de 2010

Quercus e a Rede Europeia de Acção Climática reúnem com Ministra do Ambiente e Secretário de Estado do Ambiente em Cancún, México, no penúltimo dia da Conferência sobre Clima

 

A Quercus através do seu Vice-Presidente, Francisco Ferreira, e a Rede Europeia de Acção Climática através do seu Presidente, Matthias Duwe, tiveram uma audiência de aproximadamente uma hora com a Ministra do Ambiente e Ordenamento do Território,  Dulce Pássaro e o Secretário de Estado do Ambiente, Humberto Rosa. A reunião ocorreu hoje, 9 de Dezembro, pelas 11h em Cancún, México (17h em Portugal), durante os trabalhos da Convenção das Nações Unidas sobre Alterações Climáticas.

 

Os assuntos em discussão foram:

-  o ponto de situação actual das negociações, muito confuso  e com muitas linhas de discussão em aberto, e as poucas perspectivas de decisões relevantes na conferência;

-  a actuação da União Europeia: em particular estiveram em causa dois assuntos que merecem uma discordância grande por parte das associações: a forma de contabilização das emissões associadas ao uso do solo e à floresta e a passagem para um futuro período de cumprimento do Protocolo de Quioto dos imensos créditos detidos por vários países, nomeadamente da Europa de Leste;

-  a cooperação na área das alterações climáticas entre Portugal e os Países de Língua Portuguesa;

-  a expectativa de Portugal, publica e activamente, assumir a meta de redução em 30% das emissões da União Europeia.

 

A Quercus ficou satisfeita com a intenção, por parte do Ministério do Ambiente e do Ordenamento do Território, em  alinhar com um objectivo de 30% de redução de emissões por parte da União Europeia entre 1990 e 2020, apelando a associação para que essa posição, que já foi assumida por países como Espanha, França, Reino Unido e Dinamarca, possa ser reafirmada rapidamente por todo o Governo Português, em linha com o Roteiro Nacional de Baixo Carbono, objecto de uma Resolução recente pelo Conselho de Ministros.

 

Ao mesmo tempo a Quercus congratulou-se com os 36 milhões de euros que o Governo Português vai dar a Angola, Moçambique e Timor-Leste até ao final de 2012 no âmbito do financiamento rápido para trabalhos destes países na área das alterações climáticas, medida que foi também anunciada há pouco no discurso da Ministra do Ambiente no Plenário de Alto Nível.

Tags:
por Quercus às 20:10
link do post | comentar | favorito
|

■ Siga-nos no Twitter

■ Pesquisar

 

■ Arquivos

Dezembro 2010

Novembro 2010

Outubro 2010

■ Site Oficial COP16

Página Oficial

■ Links

logo da Quercus
blogs SAPO